Jodiane reclama de contrato com Fabamed e diz que hospital não está fazendo cirurgias eletivas

A vereadora Jodiane Alves (PTB) reclamou na Câmara que pessoas que cobravam antes não dizem nada sobre o Hospital de Madre de Deus.

“Parece que eu estou falando sozinha, mas eu sei que estão me escutando”, disse.

Segundo Jodiane, existe muita gente boa em todas as secretarias, mas que precisam ter coragem para dizer sobre o que não está correto.

A vereadora mostra o contrato entre a prefeitura e a Fundação ABM de Pesquisa e Extensão na Área da Saúde (FABAMED). Ela afirma que não pode ser conivente com o contrato que diz no edital e no termo de referência que têm cirurgias eletivas.

“Quando você vai fazer uma visita ao hospital não está fazendo: E o ‘silêncio dos inocentes?’”.

De acordo com a Jodiane, muita gente reclamava quando faltava um álcool, hoje está vendo que não está sendo feito cirurgias eletivas e não diz nada.

A parlamentar diz que a cidade está passando “vergonha”.

“Porque nós não estamos fazendo laqueadura, nem vasectomia, nem histerectomia, nem cirurgia de vesícula (no Hospital de Madre de Deus)”, reclama.

Jodiane disse que as cirurgias eletivas eram agendadas, organizadas e que Dr. Reginaldo tanto fez neste município.

“O que eu tô falando que aqui no contrato tem, o contrato reza que é necessário”, disse.

Ela destaque sem citar nome que a Fabamed deve cumprir o que foi contratado pela prefeitura.

“Se a empresa é contratada para fazer a cirurgia ela só pode receber se fizer”, declara.

A vereadora afirma que se a prefeitura não está pagando deve sentar para arrumar isso com a empresa.

Ela volta a reclamar do silêncio daqueles que cobravam antes do prefeito Dailton Filho assumir a prefeitura.

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2508 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

1 Comentário

  1. cadê os ilustres reclamantes? agora o ditado da moda é:”Olho viu, boca Piu”
    eles estão vivinhos e trabalhando na prefeitura. Ridículos!!!!!!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*