Dailton muda discurso e revela contradições após assumir prefeitura, veja vídeo

O prefeito Dailton Filho (PSB) mudou o discurso após assumir a prefeitura de Madre de Deus, passando a revelar nas declarações e posicionamentos políticos diversas contradições entre o prefeito e o candidato.

Dailton acumula críticas e desgaste político desde que assumiu a prefeitura em 2021. Além disso, não conseguiu emplacar ações que levariam a cidade ao desenvolvimento social, turístico e econômico da população, como havia prometido. Entre os discursos, o prefeito repetia com frequência que queria ver a população feliz e não gostava da expressão: “Cidade rica e povo pobre”.

Ele destacava que o ‘município seria rico e o povo próspero’, mas as coisas não mudaram depois que Dailton venceu a disputa pelo cargo de prefeito. Apontado como “omisso e incompetente” por moradores e adversários. Ele não conseguiu realizar as grandes promessas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em vez disso, continua afirmando que as coisas vão acontecer, mas não menciona quando.

Em uma das entrevistas no programa Bahia Política, Dailton pediu um ano para fazer as mudanças necessárias. Depois que assumiu o cargo, ele reclamou das críticas durante entrevista ao radialista Mário Kertész. Na ocasião, Dailton destacou a contradição entre o candidato que pediu um ano e o prefeito que afirmou que está no cargo apenas há um ano e seis meses. (Veja vídeo abaixo)

Dailton também classificou a ilha de Maria Guarda como o “filé” de Madre de Deus e disse que iria realizar ações para ampliar o turismo na região. Mas as declarações até agora não passaram de promessas, uma das pontes na ilha foi interditada, a ponte principal precisa de manutenção e os moradores reclamam do abandono do local.  Durante entrevista à rádio Madre FM,  Dailton disse que não morava na cidade porque não trabalhava no município. Apesar de o discurso ser antigo, e ele ser prefeito, a falta de ações deixam claro que o chefe do Executivo está no cargo, mas ainda não trabalha pelo município.

Dailton destacava ações, projetos e políticas públicas que seriam realizadas voltadas para crianças,  jovens e idosos. O tempo passou e os projetos, não saíram dos discursos. Embora, ele reforçasse que iria realizar os projetos  o então candidato nunca disse como. Outro questionamento de moradores e aliados políticos é que a população tem dificuldade em falar com o gestor. Eles se queixam que o prefeito não mora na cidade e não reconhece os problemas que a população enfrenta pela “incapacidade de Dailton de administrar a cidade”. As críticas não são feitas apenas por moradores e adversários políticos. Aliados também reclamam em reserva da falta de assistência do prefeito que não conseguiu cumprir com muitas pessoas que sempre o apoiaram em detrimento de novas alianças e acordos recentes. Apesar dos problemas, Dailton segue sorrindo para as lentes das câmeras e pedindo paciência para população na hora de trabalhar.

As mudanças nas secretarias não tiveram efeito esperado e o prefeito continua fazendo promessas e destacando contradições, revelando que para assumir a prefeitura, não se trata apenas da vontade de um candidato vaidoso, mas do preparo que Dailton não dispõe para resolver os problemas da cidade.

Apesar do malabarismo político e das tentativas fracassadas de emplacar o governo, Dailton continua sendo apontado como um dos piores prefeitos que já assumiram a prefeitura de Madre de Deus.
Veja o vídeo abaixo:

Publicidade

Sobre madresemmedia 1972 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*