O prefeito Dailton Filho (PSB) esqueceu o discurso de fazer o dinheiro circular em Madre de Deus.

Em uma das declarações feitas durante entrevista à Madre FM, o então pré-candidato afirmava que as festas precisavam ter conotação profissional.

Segundo ele, o investimento deveria ser em troca de que o município, moradores e comerciantes ganhassem com o evento, assim o dinheiro ficaria na cidade.

“O dinheiro tem que circular na cidade pro povo crescer”, diz Dailton ao ouvir do apresentador que a entrevista estava sendo gravada e ele seria cobrado.

Dailton respondeu na época que estava falando para se comprometer mesmo.  “Eu não tenho medo… Olhe gente, sabe o que me move? É a minha palavra! Eu sou escrevo do que eu falo”, disse Dailton em um trecho da entrevista.

O prefeito chegou usar uma frase que muitos aliados e adversários políticos repetem atualmente nos bastidores: ” Eu não entendo essa política”.

O Dailton também criticou contratos com empresas de fora da cidade, mas atualmente os repasses com pessoas de fora são até 10 vezes maiores do que com moradores da cidade.

Como aponta o Diário Oficial na contratação de bandas. As declarações podem ser usadas como contradição do governo e revela a distância entre o que o prefeito diz e o que ele faz.

“O contrato que tá aí, o dinheiro é pra sair não é pra ficar”, disse Dailton Filho em outro trecho da entrevista.

O prefeito Dailton Filho pode ser comparado à uma certo alimento que aparece num vídeo que circulou mais do que o dinheiro, promessa de que iria circular cidades. Enquanto isso, o gestor faz caras e bocas nas imagens compartilhadas nas redes sociais. O prefeito segue sendo devorado desde época da vereança, por uma velha aliada, caduca e ignorante chamada vaidade.

madresemmedia.com.br-o-prefeito-dailton-filho-psb-esqueceu-o-discurso-de-fazer-o-dinheiro-circular-em-madre-de-deus-prefeitura-de-madre-de-deus-2

Veja o vídeo:

Publicidade

Sobre madresemmedia 1972 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*