Após denúncias de atraso salarial e ausência de férias no hospital, empresa nega

Após denúncias de atraso de salário de funcionários e ausência de férias no Hospital de Madre de Deus, a Fundação Fabamed que administra a unidade nega.

Nesta semana mensagens apontando problemas na gestão foram compartilhados por moradores, mas até essa tarde a fundação não havia se posicionado.

Em nota divulgada nesta sexta-feira (4), a empresa destaca que completou um ano de contrato em setembro e foram realizados pagamentos regulares e consecutivos a médicos e fornecedores.

“Sendo que os demais funcionários celetistas são pagos rigorosamente até o quinto dia útil de cada mês”, diz.

A Fabamed ressalta que 23 colaboradores já saíram de férias direção segue organizando o calendário para que todos os profissionais possam ter o direito assegurado.

“Sem que o serviço de excelência oferecido pela unidade seja prejudicado”.

A fundação aponta ainda que o contrato que em virtude da redução de números de casos e mortes causados pela Covid-19 na Bahia, os profissionais que atuam no espaço foram comunicados da descontinuidade do contrato por parte da Prefeitura de Madre de Deus e estão de aviso prévio.

Leia a nota na integra:

A Fundação Fabamed informa que não procedem as denúncias de atraso salarial e ausência de férias dos funcionários que atuam no Hospital Municipal Doutor Eduardo Ribeiro Bahiana, em Madre de Deus.

Esclarecemos que o contrato com o município para a gestão da unidade completou um ano em setembro e, nesse período, foram realizados pagamentos regulares e consecutivos a médicos e fornecedores, sendo que os demais funcionários celetistas são pagos rigorosamente até o quinto dia útil de cada mês.

Ressaltamos ainda que, desde o início da gestão Fabamed, 23 colaboradores já saíram de férias. A direção segue organizando o calendário para que todos os profissionais possam ter o direito assegurado sem que o serviço de excelência oferecido pela unidade seja prejudicado.

Sobre os profissionais que atuam no ambulatório Covid instalado no Hospital Municipal, esclarecemos que, em virtude da queda vertiginosa nos números de casos e mortes causados pela doença do estado, os profissionais que atuam no espaço foram comunicados da descontinuidade do contrato por parte da Prefeitura de Madre de Deus e estão gozando de aviso prévio.

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2416 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*