Violência em alta: Quatro pessoas são assassinadas a tiros em menos de 12h no bairro de Valéria

Além das quatro mortes no bairro de Valéria, mais cinco homicídios foram registrados em Boa Vista de São Caetano, Santa Luzia do Lobato, Cidade Nova, Liberdade e Cassange.

Foto: Varela Notícias

Quatro pessoas foram assassinadas em um intervalo de apenas doze horas no bairro de Valéria, em Salvador. Conforme a polícia, os episódios violentos aconteceram entre 12h e 22horas.

O primeiro homicídio aconteceu na Rua Penacho Verde, por volta das 12h. A vítima foi identificada como Janderson Alan de Souza, de 20 anos. Os agentes da 31ª CIPM foram ao local e constataram o fato. A área foi isolada e o Serviço de Investigação realizou a perícia e remoção do corpo.

O segundo homicídio aconteceu na Rua das Palmeiras, em Nova Brasília de Valéria, por volta das 19h16. A vítima foi identificada como Edson Ferreira da Silva, de 28 anos, foi morto por disparos de arma de fogo.

O terceiro crime aconteceu na Rua Leão Diniz, no Penacho Verde, as 22h20. As guarnições foram acionadas novamente para atender uma denúncia informando que um homem identificado como Leandro Queiroz da Silva, de 21 anos havia sido baleado e já estava morto quando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou.

Minutos depois, as guarnições foram acionadas novamente para atender mais uma ocorrência de homicídio no bairro, desta vez, em uma localidade conhecida como caminho 15, próximo a um supermercado. O nome e idade da vítima não foi informado.

O bairro de Valéria enfrenta, atualmente, uma guerra entre as facções criminosas BDM e Katiara. Além desses dois grupos criminosos, também domina a região a facção denominada OP (Ordem e Progresso).

Além das quatro mortes no bairro de Valéria, outras cinco ocorreram na capital baiana, uma delas, em Boa Vista de São Caetano, onde um rodoviário foi assassinado com 18 tiros, e uma na Região Metropolitana, no município de Dias d’Ávila, onde um homem foi encontrado morto carbonizado.

Outros homicídios foram registrados em Santa Luzia do Lobato, Cidade Nova, Liberdade e Cassange. Essa foi a data com maior número de mortes na capital baiana em 2021.
Com informações do: VN

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*