Após ser acusado de agressão por ex-namorada, Devinho Novaes tem shows cancelados em Camaçari e Alagoinhas

O cantor Devinho Novaes está fora da grade de shows do São João de Camaçari e Alagoinhas. Ele foi cortado após ser acusado de agressão pela ex-namorada, a modelo Aylle Santiago.

Aylle fez postagens no stories do seu perfil no Instagram, na madrugada de quarta-feira (5), relatando que, durante os nove meses que conviveu com ele, foi vítima de agressão física e verbal por parte do artista, que é natural de Sergipe.

“Operada, cheguei a pegar ele dentro do motel. Nunca houve respeito da parte dele, sofria e engolia tudo calada. Eu e Deus. Sempre usou os piores xingamentos comigo, nunca respeitou uma mulher! De ‘Vá se f****’, até ‘vá tomar no c*, isso era rotina’. Uma hora a gente cansa”, escreveu.

A prefeitura de Camaçari, cancelou o show onde Devinho se apresentaria no dia 22 de junho durante o “Camaforró”. Em nota, disse que repudia qualquer situação de violência e incentiva que mulheres que passam por essa situação denunciem seus agressores.

A prefeitura de Alagoinhas, informou que decidiu suspender o show de Devinho, que estava marcado também para o dia 22 de junho, por conta da investigação sobre a denúncia, que considerou grave.

Devinho ainda não se pronunciou diretamente sobre o caso. Em seu perfil no Instagram, no entanto, ele gravou uma série de vídeos falando sobre sua história de vida e afirmou que “enquanto as pessoas tentam me derrubar, eu apenas sigo minha vida da melhor maneira”.

“Eu sou uma pessoa de caráter, uma pessoa do bem, nunca destratei ninguém, nunca tratei mal ninguém. Eu falo a verdade”, afirmou.

 

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*