Mirlene diz que prefeito Dailton foi feliz em parar 24 horas por 10 meses em Madre de Deus

A presidente da Câmara de Vereadores de Madre de Deus, Mirlene Dourado (SD), afirmou durante a sessão de terça-feira (23) que o prefeito Dailton Filho (PSB), foi “feliz sim” em parar o 24 horas por dez meses.

Segundo ela, não foi por vaidade, mas por uma questão de responsabilidade.


“Responsabilidade com o nosso município, com o nosso povo. É um projeto muito importante, precisou parar pra vir com uma estrutura, não é só o nome que tá mudando, tá mudando a questão da estrutura do projeto”, disse.


Mirlene tentou justificar a suspensão do 24 horas em resposta às críticas feitas pela vereadora Jodiane de Jajai (PTB).

Ela afirmou que o próximo prefeito não tenha mais a vaidade de paralisar o projeto para mudar o nome.


“A justificativa pra mim nunca vai ser entendida. Eu nunca vou compreender aquele vídeo que eu vi uma senhora de madrugada tendo que levar, o seu acamado pro hospital e sem ter o 24 horas”.


Jodiane diz que tem que parar com essa vaidade de mudar o nome do projeto que nesta brincadeira ficou dez meses sem o 24 horas.

Veja o Vídeo:

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2507 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*