Alerta de gatilho! Em depoimento, mulher relata atitudes de Dani Alves

A mulher que acusa o jogador Daniel Alves de agressão sexual informou à polícia que ele “ficou batendo em sua cara” durante a estuprava.

A jovem, de 23 anos, detalhou o ocorrido em seu depoimento, e os trechos foram publicados pelo jornal espanhol ABC nesta quinta-feira (26). Ela afirma que foi agredida por Daniel Alves em 30 de dezembro do ano passado, no banheiro da boate Sutton, em Barcelona.

Em depoimento, ela disse também que o jogador fez um sinal para que se aproximasse de uma porta da boate, onde pensou que ele a chamava para outra área VIP do espaço e não para o banheiro.

De acordo com a mulher, quando ela se aproximou do jogador, foi trancada no lugar.
“Eu disse a ele que queria ir embora e ele respondeu que não podia sair de lá. Ele me agarrou pela nuca, não sei se também pelos cabelos e me jogou no chão, machuquei o joelho”, contou.

A jovem também revelou ter sido obrigada a fazer sexo oral. “Resisti [ao sexo oral], mas ele era muito mais forte do que eu. Ele ficou me batendo no rosto por um tempo, eu senti como se estivesse me afogando, não porque ele estava me apertando, mas pela angústia que eu estava sentindo”, contou depoimento.

Do: Varela Net

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2468 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*