Apontado como matador do “tribunal do crime” na Rocinha morre em confronto com a PM em Candeias

Na ação, foram apreendidos 27 tabletes de maconha,4 balanças de precisão, 10 pacotes de maconha, 2 facas, 40 microtubos de cocaína. Além disso, foram aprendidos, 1 revólver 38, 3 cartuchos deflagrados e dois intactos...

Um homem apontado como matador do “tribunal do crime” morreu em confronto com Policias da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) na tarde de terça-feira (2) em Candeias.

De acordo com a PM, durante um patrulhamento na região da Rocinha, bairro da Nova Candeias, um grupo de criminosos efetuaram disparos de arma de fogo contra os policiais. Na busca os policiais encontraram um dos suspeitos. Com ele, os agentes encontram maconha, seguiram em diligencia na localidade, quando identificaram um ponto utilizado para armazenamento, com uma grande quantidade de entorpecentes. O material foi apreendido e o homem preso em flagrante. Os policiais continuaram e encontraram um local que segundo denuncias era usado para executar pessoas. Ao perceberem a chegada da polícia os criminosos voltaram a entrar em confronto com a PM. Um suspeito que estava com um revólver 38 foi atingido e socorrido para o Hospital Municipal Ouro Negro, mas não resistiu aos ferimentos.

Na ação, foram apreendidos 27 tabletes de maconha,4 balanças de precisão, 10 pacotes de maconha, 2 facas, 40 microtubos de cocaína. Além disso, foram aprendidos, 1 revólver 38, 3 cartuchos deflagrados e dois intactos, uma bolsa contendo meio tablete de cocaína e 03 pedras grandes da mesma droga e diversos materiais para cortar e embalar as drogas.

“Estamos há dias realizando ações com o objetivo de prevenir possíves crimes, principalmente, motivados por disputas entre facções. Ontem, durante as atividades, realizamos esse flagrante”, disse o subcomandante da unidade, capitão Marivaldo Rosendo.
A ocorrência foi registrada no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*