Com salários atrasados, funcionários de Hospital de Madre de Deus paralisam atividades

Funcionários do Hospital em Madre de Deus paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira (15) em manifestação contra o atraso de salários. Eles reclamam da falta de pagamento de salários e de benefícios.

Um motorista da unidade informou a rádio Madre FM que os carros que  conduzem pacientes estão sem manutenção e rodam na reserva.

“E outra população de Madre de Deus vocês que precisam de um carro de emergência, ambulância: os carros estão todos sucateados, sem freio, a maioria das vezes sem combustível, vai na reserva, saí daqui para uma transferência, arriscando ficar no meio do caminho ou ter um acidente, um sinistro. Eu tô falando porque eu sou motorista, e sei que os carros estão todos sucateados. Certo, precisando de uma revisão e não faz porque não tem uma liderança para mandar aqui no hospital”, disse o funcionário dando a entender que a liderança é o prefeito Jailton Polícia que assumiu a prefeitura interinamente.

O protesto ocorre neste período em que há um enfrentamento do coronavírus no qual o prefeito Jailton Santana não conseguiu controlar desde que assumiu a prefeitura.

“Jailton pelo amor de Deus, vamos ter responsabilidade com os pais e mães de família que estão aqui trabalhando. Você sabe muito bem que aqui todo mundo precisa desse emprego, se não precisasse não estria aqui correndo o risco de ser contaminado por covid, de passar aqui tá sofrendo humilhação da população porque não tinha médico. Quem sofria era a gente, você nunca veio aqui bater de frente com um popular. É por isso que você está aí em cima, e não procura resolver o problema do salário da gente”, disse.

A prefeitura, nem a empresa que deixou o contrato do Hospital ainda não se posicionaram sobre as denúncias.

Publicidade

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*