Presidente do Solidariedade de Madre de Deus pede providências sobre aglomerações ao prefeito de São Francisco

O Presidente Municipal do Solidariedade, Amilton Pereira encaminhou um requerimento à Câmara Vereadores de Madre de Deus que foi protocolado pelo vereador Pastor Melk (SD).

O documento trata-se de um pedido de providências direcionado ao prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida.

Na solicitação Pereira, pede que o gestor da cidade vizinha adote um plano de contingenciamento para que moradores dos distritos do Caipe de Baixo, Muribeca, Socorro, Engenho de Baixo e Paty para facilitar os saques do auxílio emergencial nas localidades, evitando assim, aglomerações em filas de bancos em Madre de Deus.

Segundo Amilton Pereira, o acúmulo de pessoas nas filas favorece a disseminação do novo coronavírus. Ele destaca que a população dos distritos tem buscado as agências bancarias, caixas eletrônicos e lotérica da cidade, gerando aglomerações no Centro de Madre de Deus. A região concentra, segundo o último boletim divulgado pela prefeitura 79 casos positivos da doença.

No pedido, ele aponta ainda que evitar a aglomeração de pessoas em locais públicos é uma das principais recomendações no combate a proliferação do Covid-19.

Áudio:

 

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*