Deputado ex-gay, apresenta projeto de lei para criar o Dia do Orgulho Hétero

O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) protocolou na última quarta-feira (20) na Câmara um projeto de lei que, se aprovado, institui o Dia do Orgulho Heterossexual em todo o Brasil.

O parlamentar, que mantém uma entidade de recuperação de dependentes químicos, no município de Candeias, declarou ainda que se o STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizar a homofobia estará criando uma guerra santa.

Para o parlamentar, a ‘Lei da Homofobia’, que ele não explicou qual é, pode levar ao ‘confisco’ de bíblias no país, e por isso propõe o Dia do Orgulho Hétero, ‘para não haver inversão de valores’.
Ele justificou o projeto de lei com o argumento de que é preciso resguardar os direitos dos heterossexuais de se manifestarem livremente e que não sejam discriminados.

“No momento que se discute preconceito contra homossexuais, acaba-se criando outro tipo de discriminação, dessa vez contra os heterossexuais, lamentavelmente. A presente proposta visa resguardar direitos e garantias aos heterossexuais de se manifestarem e terem a prerrogativa de se orgulharem da sua biologia, natural. Eu sou ex-homossexual, então tenho convicção de que é possível viver respeitando uns aos outros. E por que a gente vai aceitar que haja uma lei que vai estimular uma guerra? ”, disse Isidóro.

A proposta esquenta a polêmica que, ao que parece, dividiu os brasileiros em dois grupos, um de apoio incondicional aos gays e outro que defende a família formada com o casamento entre homem e mulher.

Veja o vídeo:

Deputado diz que é ex-gay e propõe dia do orgulho hétero

📽️ Deputado diz que é ex-gay e propõe dia do orgulho hétero

Gepostet von UOL Notícias am Freitag, 22. Februar 2019

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*