Mãe do blogueiro Pretoozo ajoelhou pela vida do filho: “Pedi pelo amor de Deus”

A auxiliar de serviços gerais Patrícia Ferreira Lessa, de 44 anos, implorou pela vida do filho, o jovem Pablo Luiz França, conhecido como Pretoozo, de 20 anos, na última quarta-feira (05).

Mas não adiantou. Ele foi assassinado na casa onde morava, no bairro Fazenda Grande do Retiro. Pretoozo tinha quase 60 mil seguidores no Instagram e era blogueiro e digital influencer.

“Eu ajoelhei no pé de um deles, pedi ‘Pelo amor de Deus’, que se ele (Pablo) tivesse feito algo de errado, eu mesma daria um corretivo, mas não consegui salvar meu filho”, disse Patrícia ao jornal Correio.

Pablo Luiz foi assassinado com vários tiros por dois homens. “Um deles dizia: ‘Bora Pablo, sai de casa, você quer morrer na frente de sua mãe?’. E eu pedi de joelhos para que não fizessem aquilo, que meu filho era blogueiro, que não se envolvia com nada, mas ele disse: ‘Saia daqui, tia’ e mandou eu sentar e começou a atirar. O outro que estava armado ficou olhando pra mim com dó, mas o primeiro disse: ‘Bora véio, bora!’ e o segundo também descarregou a arma contra meu filho”, detalhou Patrícia, aos prantos.

Parentes do blogueiro foram ouvidos no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Em nota, a Polícia Civil disse que o caso é investigado pela 3ª DH/BTS.
Do varela net

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*