Brasileiro preso pelo chavismo foi confundido com americano, diz família

Jonatan Moisés Diniz foi detido em dezembro sob a acusação de ser um agente da CIA e tramar contra governo de Nicolás Maduro; segundo irmão de catarinense, ele está no Helicoide, sede do serviço de inteligência da Venezuela

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz foi detido na Venezuela após ter sido confundido com um cidadão americano – ele vive nos EUA e portava uma carteira de motorista do país – e está preso na sede do serviço secreto venezuelano, segundo informações recebidas por sua família. O chavismo afirmou na manhã de ontem ao Ministério de Relações Exteriores do Brasil que o estado de saúde do brasileiro é bom

Segundo Juliano Diniz, irmão do brasileiro, as autoridades venezuelanas confirmaram que Diniz está na sede do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), na prisão Helicoide, um antigo projeto de shopping transformado em presídio, em Caracas.

Venezuela - brasileiro preso
O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, de 31 anos, que foi preso em Caracas acusado de conspirar contra o governo de Nicolás Maduro Foto: Reprodução / Jonatan Diniz / Facebook

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*