Marden coloca Val contra parede e diz que ele não quer largar o osso na prefeitura

O vereador Marden Lessa (PSB) colocou o seu colega de partido e ex-líder no governo do prefeito Jailton Polícia (PTB) na Câmara, Val Peças, contra a parede, na sessão de terça-feira (25).

Segundo Marden, muitos parlamentares o mandaram largar o osso por 8 meses na prefeitura durante a gestão de Jeferson Andrade (PP) e diz que “esse osso agora não foi largado”.

De acordo com ele, Val tem declarado apoio ao pré-candidato à prefeitura de Madre de Deus, Dailton Filho (PSB), mas o colega de partido mantém seus indicados no governo de Jailton.

Depois Marden pondera, afirmando que ele não é inimigo de Val e alerta que o grupo do prefeito Jailton quer implantar a discórdia.

Marden afirma que se ele e Juscelino Silva (SD) foram limados da prefeitura, os outros vereadores que estão no mesmo grupo deveriam entregar os cargos.

“Isso não precisa pedir, eu e o vereador Juscelino, tinha que partir oh, é de foro íntimo de cada um. Então o que tá aí vereador, senhores e senhores aqui presentes, é nada mais que a verdade”, disse.

O parlamentar destaca ainda que tem um funcionário ligado a ele prestando serviço a prefeitura que está esperando receber o salário para deixar o cargo.

“Para Jailton não passar pela hashtag que ele vai ter que passar: trabalho na prefeitura, mas sou Dailton Filho”, disse.

Marden disse que se alguém quer saber se ele caminha com Dailton Filho, veja as pessoas que trabalham no gabinete dele, e se elas replicam tudo sobre o pré-candidato.

“Não venha querer satanizar esse vereador que vos fala, porque se fosse esse  vereador que estivesse passando por isso, eu estava era arrebentado”, disse Marden.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*