Homem que ajudou menino em shopping é preso com documentos falsos

A Polícia Civil prendeu um homem em flagrante na manhã desta sexta-feira (1º) na agência do Banco do Brasil (BB) no bairro de Pirajá, em Salvador, logo após ter sacado R$ 2.990 mil. Segundo a Polícia, a agência recebeu informação do proprietário da conta sobre uma movimentação suspeita. Antes de o homem deixar a agencia com o dinheiro, a catraca foi travada e a gerência informou a polícia. O homem foi identificado como Bruno Kaíque Santana Santos, 19 anos.

Conforme a polícia,  Bruno falsificava documentos para fazer cartões e sacar dinheiro ilegalmente. O jovem foi capturado por agentes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Segundo a polícia, a conta usada por Bruno já tinha movimentado saques que somam R$ 26 mil. O jovem disse aos policiais que foi induzido ao crime por um agiota, a quem ele deveria dinheiro. O caso é investigado pelo Draco.

Com o preso a polícia encontrou  uma identidade falsa e um cartão bancário em nome de outra pessoa.

De acordo com a polícia, Caíque é o mesmo homem que se tornou um dos personagens de uma cena que revoltou muita gente no dia 11 de junho do ano passado, quando tentava comprar o almoço para um menino em situação de vulnerabilidade quando foi abordado por um segurança na praça de alimentação de um shopping da capital baiana. O segurança tentou expulsar o garoto, mas foi impedido pelo rapaz que pagou um lanche para criança. Depois do gesto que foi filmado, ele recebeu muitos elogios nas redes sociais.

Relembre: Segurança do Shopping da Bahia tenta impedir cliente de pagar almoço para criança

Veja o vídeo:

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*