Márcio Marinho diz que Madre de Deus não pode sofrer por falta de atenção política de Dailton

O deputado Márcio Marinho afirmou durante entrevista à radio Madre FM na quarta-feira (27) que a relação política entre o prefeito Dailton Filho (PSB) e o partido Republicanos é negativa.

Segundo ele, não houve reciprocidade por parte do prefeito com o partido na cidade.

Questionado se os recursos destinados por ele ao bairro da Cururupeba não foram executados em decorrência dessa falta de relação com o chefe do Executivo. O deputado respondeu de forma enfática: “Não por minha causa porque a cidade não pode sofrer por falta de atenção política por parte do prefeito”.

O deputado Márcio Marinho afirma que o recurso para realização da obra no bairro da Cururupeba já ‘está na conta, já tá empenhado’.

“Ai cabe ao prefeito está fazendo a obra, medindo para que o governo federal possa estar pagado a obra e entregado para população”, disse.

De acordo com o deputado, independente das relações com o prefeito Dailton vai continuar ajudando o município e apoiando o partido.

“Com todas as letras lhe falo: a relação do partido com o prefeito até a eleição foi muito positiva, mas a relação do prefeito pós a eleição com o partido tem sido negativa”, reclama.

O deputado também enalteceu a ex-vereadora e presidente municipal do Republicanos, Joyce Lima destacando o trabalho realizado por ela na Câmara.

Márcio disse ainda que vai continuar enviando recursos para cidade e que a população não tem nada a ver com essa relação entre o partido e o prefeito.

O deputado afirma que o chefe do Executivo deu a palavra e que depois de tudo que a ex-vereadora Joyce fez era no mínimo para estar participando da administração municipal.

“Hoje ela (Joyce) não participa de absolutamente nada, que é até ruim pro próprio prefeito que uma pessoa que ajudou muito ele a ganhar a eleição, se encontra abandonada pela gestão”, disse.

O deputado justifica que não está falando por revolta e declara que existe um distanciamento e falta de compromisso firmado antes da eleição entre o prefeito e o partido.

“Acordo político é bom, quando é bom para os dois lados, quando não é bom para um dos lados é igual a casamento, tem que ter compromisso, direitos e obrigações. Quando não há, então tem problema. É o que hoje nós temos aí na cidade, temos um problema político de relação com o partido e o prefeito”, disse.

O parlamentar disse que com a falta de compromisso do prefeito com o partido, ele também está nos deixando sem compromisso de estar caminhando com ele em algum momento.

“O reconhecimento é importante, quando não há um reconhecimento então a nossa participação pela atitude do governo em relação a reciprocidade não existindo, estamos liberados para seguir o nosso caminho”, disse.

Publicidade

Sobre madresemmedia 1946 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*