Caiu duro: Gilbert Durinho é nocauteado por Kamaru Usman e fica sem cinturão do UFC

Gilbert Durinho falhou na busca pelo cinturão do peso meio-médio (até 77kg) do UFC. Na luta principal do UFC 258, o brasileiro até teve um bom começo, mas acabou sendo nocauteado no terceiro round pelo nigeriano Kamaru Usman, que permaneceu com o cinturão. O evento foi realizado no UFC Apex, em Las Vegas, nos Estados Unidos, na madrugada de sábado para domingo.

Durinho chegou a conseguir um knockdown no primeiro round com um cruzado que pegou em cheio em Usman. O nigeriano foi atingido pelos golpes e sentiu o baque, mas se recuperou e não entrou na guarda, voltando a ficar de pé.

Depois disso, a cautela tomou conta do octógono. Usman passou a investir nos jabs e conseguiu um bom domínio diante do brasileiro. Em um deles, no terceiro round, o nigeriano acertou Durinho em cheio. O brasileiro caiu no chão e o campeão então foi para o ground and pound, levando o árbitro Herb Dean a interromper o duelo, decretando a vitória de Usman.

Com esse resultado, o nigeriano chega a 17 vitórias consecutivas no MMA, sendo 13 delas no UFC. Já Durinho perdeu sua invencibilidade de quatro lutas no peso meio-médio no UFC. Com essa derrota, o Brasil continua sem nunca ter sido detentor do cinturão dessa categoria.

“Acho que cheguei muito perto de terminar a luta, mas ali eu fiquei muito na emoção. Cometi vários erros, teria que ficar um pouco mais calmo e continuar mais na estratégia, movimentando bastante. No segundo round, parei de mexer a cabeça. Foi onde tomei mais golpes. Acho que errei bastante, não consegui levar a luta pelo meu próprio erro, porque saí da estratégia”, disse Durinho, único brasileiro a participar do card principal do UFC 258.

Do: Correio*

Vídeo:

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*