Alvo da PF, Maurício Barbosa é afastado do cargo de secretário de Segurança Pública

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, foi um dos alvos da Operação Faroeste, deflagrada na manhã desta segunda-feira (14) na Bahia.

Ele foi afastado do cargo por 180 dias por decisão do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além disso, o gabinete do secretário foi alvo de mandado de busca e apreensão. As informações são da TV Bahia.

Ao todo, a Polícia Federal cumpriu 36 mandados de busca e apreensão nas cidades de Salvador/BA, Barreiras/BA, Catu/BA, Uibaí/BA e Brasília/DF, bem como a determinação de prisão temporária de duas Desembargadoras do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, a prisão preventiva do operador de um juiz, além do afastamento do cargo e função de todos os servidores públicos envolvidos nestas fases.

Do: VN

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*