Moradores contestam versão da PM e fazem manifestação contra morte de homem em Madre de Deus

Foto: @Madre sem Média

Um grupo de 30 moradores realizam uma manifestação na entrada de Madre de Deus na manhã desta segunda-feira (11) , contra a morte do homem identificado como Alcides dos Santos, de 27 anos.

De acordo com a Polícia Militar na tarde do último sábado (9), uma guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de agressão. Segundo a PM, ao chegar em um salão na Rua 7 de Setembro,os policiais encontraram uma faca no chão e ouviram o relato da ex-mulher de Alcides que relatou que ele teria tentando contra a vida dela. (Relembre o caso).

Ainda de acordo com a polícia, ela também contou que sabia onde o ex-companheiro estava. A viatura seguiu para o bairro Caminho da Luz. Ao avistar o suspeito, os agentes tentaram aborda-lo, mas ele se negou. Segundo a polícia, ele agrediu um policial, outro PM deu tiros de advertência e usou spray de pimenta na tentativa de conter o suspeito que acertou um soco no nariz de um policial. Outro soldado efetuou mais disparos de advertência, depois atirou contra o suspeito que foi levado para o Hospital da cidade, mas morreu em seguida.

Moradores contestaram essa versão é disseram que os PMs agiram com excesso, agrediram outro rapaz, e uma mulher foi baleada. O caso está sendo investigado pela corregedoria geral, onde foi registrado.

Manifestantes

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*