Homem é morto após agredir e tentar tomar a arma de PM em Madre de Deus

Imagem ilustrativa

Um homem foi morto após agredir com um soco e tentar tomar a arma de um policial militar em  Madre de Deus na tarde deste sábado (9).

De acordo com informações da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar de Madre de Deus, policiais foram acionados após uma mulher ter sido agredida pelo seu ex-marido em um salão de Beleza, na rua Sete de Setembro. Uma guarnição se deslocou até a região, mas não encontrou o suspeito identificado como Alcides dos Santos, de 27 anos.

A vítima Tainara da Silva dos Santos, de 20 anos, contou à polícia que Alcides é seu ex-marido, e tentou contra sua vida.

Ela disse ainda que ele estava no bairro Caminho da Luz. Ao encontrar o acusado na Rua Nossa Senhora Mãe dos Homens, a guarnição deu voz de abordagem, mas ele negou, e partiu para agressão. Um policial atirou no chão como advertência e utilizou gás de pimenta. Mesmo assim, o suspeito agrediu um agente com um soco e tentou tomar a arma. Outro policial efetuou dois disparos de advertência, em seguida, três disparos contra o agressor que foi atingido com um tiro na perna e outro no abdômen. Ele foi socorrido pela guarnição de imediato ao Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

O policial agredido após ser medicado, no Hospital Municipal, foi encaminhado ao Hospital Ouro Negro em Candeias, onde foi diagnosticado com uma fratura no nariz.
Todos os envolvidos foram encaminhados para corregedoria geral.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*