Funcionários do Hospital Célia Almeida em São Francisco do Conde denunciam atraso no salário e FGTS

Foto: Divulgação no Google.

Não é novidade que a crise que assola o país tem atingindo diversos segmentos do mercado e a saúde também está dentro deste quadro. Ao que parece, os reflexos dessa dificuldade financeira atingiram Hospital Municipal Célia Almeida Lima, em São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador, e têm tem deixado os funcionários sem salário. Empregados da unidade de saúde denunciaram ao Radialista Jutan Araújo que estão sem receber o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) há cerca de 13 meses, além do mais, os colaboradores apontam atraso nos salários e Seguro Social.

De acordo com uma funcionária, empresa responsável pelo contrato é o Instituto de Assistência a Saúde e Promoção Social – instituto Provida. Segundo a informação, diversos funcionários reclamam do descaso.

Além do salário, a funcionária do hospital alega que ela e seus colegas também não receberam o décimo terceiro referente ao ano passado. “Estamos pagando juros de cartões. Pessoas que tem compromisso indo pra nossas porta cobrar uma situação que não podemos reclama que somos ameaçados de demissão. Nós trabalhamos sem saber quando vamos receber. Isso é um absurdo, pois realizamos o nosso trabalho com bastante dedicação para que os pacientes tenham um atendimento de qualidade, mas a direção do hospital não quer saber disso”, relatou.

Os funcionários não detalharam quais são os meses atrasados. O espaço está aberto para manifestações.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*