WhatsApp, Instagram e Facebook enfrentam instabilidade no Brasil e no mundo

Os aplicativos Instagram, Facebook e Whatsapp enfrentam um período de instabilidade nesta quarta-feira (13). Segundo o site Down Detector, que registra problemas de acesso, a instabilidade nos aplicativos começou por volta das 12h, com maior pico de reclamações às 13h. O problema atinge as três redes sociais em todo o mundo, com ênfase em países como Brasil, Estados Unidos, França, Reino Unido e Alemanha.

Em sua conta oficial do Twitter, a empresa diz: “estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo dificuldade em acessar a família de aplicativos do Facebook. Estamos trabalhando para resolver isso o quanto antes”. Ela também explica que “o problema não está relacionado a um ataque DDoS”. Os serviços continuam fora do ar para diversos usuários.

Ao tentar fazer login no Facebook, você pode se deparar com a seguinte mensagem: “no momento, o Facebook está fora do ar para uma manutenção obrigatória, mas deve voltar em alguns minutos”.

O Instagram tem um aviso diferente: “Não foi possível se conectar ao Instagram. Verifique se você está conectado à Internet e tente novamente”. O aplicativo pode dizer apenas que “ocorreu um erro de rede desconhecido”.

Se você já está logado no Facebook, pode ter problemas ao criar novos posts ou Stories. E em alguns casos, o feed do Instagram não carrega imagens nem vídeos.

WhatsApp e Messenger não permitem enviar imagens

Enquanto isso, há relatos de que o problema afetou o WhatsApp: alguns usuários dizem que não conseguem enviar fotos, GIFs e áudios, mesmo com uma conexão normal à internet.

Em certos casos, o Facebook Messenger também não permite enviar nem receber imagens, seja dentro de conversas ou através de Stories. E se você se deslogar do aplicativo, talvez não consiga fazer login novamente.

O DownDetector reúne uma série de relatos mostrando onde o Facebook, Messenger e Instagram estão fora do ar. Os serviços caíram no Brasil, nos EUA e em várias partes da Europa.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*