Polícia Civil de Candeias prende suspeito de matar a tiros servidor da prefeitura de Camaçari

Luis Alberto Santos da Silva, apontado como autor do latrocínio que vitimou Djalma Martins Marques, funcionário da Prefeitura de Camaçari.

A Polícia Civil de Candeias informou que na tarde desta quarta-feira (13), cumpriu um mandado de prisão contra um suspeito de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no dia 06 de outubro de 2017, na localidade de Menino Jesus, às margens da BR-324.

Luis Alberto Santos da Silva, o “Binho”, foi surpreendido por agentes do Setor de Investigações (SI) da 20ª DT/Candeias que deu voz de prisão em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça Criminal.

De acordo com a Polícia Civil, ele é suspeito de matar a tiros durante um assalto, o funcionário da Secretaria da Saúde de Camaçari (Sesau), Djalma Martins Marques, de 55 anos, quando o mesmo dirigia pelo Canal de Tráfego, localidade conhecida como Cova da Jia, quando voltava para casa, na cidade de São Sebastião do Passé, quando bandidos chegaram atirando e atingindo Djalma.

O caso ganhou repercussão na mídia depois que o trabalhador foi assassinado. Djalma era funcionário da Prefeitura de Camaçari há 10 anos. Ele era casado e deixou um filho.

O suspeito foi apresentado na Delegacia Territorial do município de Candeias, ao delegado titular Marcos de Castro Laranjeira Carvalho, onde permanecerá custodiado à disposição da Justiça.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*