Sindicalistas fazem protesto contra fechamento da Fafen em Camaçari

Representantes de sindicatos e trabalhadores realizaram uma manifestação de protesto na manhã desta quarta-feira (30), na entrada no Polo Industrial da cidade de Camaçari, contra o fechamento da fábrica de fertilizantes da Petrobras, a Fafen.

O ato bloqueou o acesso ao Pólo Petroquímico, com isso, trabalhadores não estão chegando às empresas, paralisando parte das atividades, gerando um engarrafamento na via principal.

O comunicado de encerrar as atividades foi feito pela Petrobras no ano passado. De acordo com setores ligados ao Polo, a decisão vai afetar o funcionamento de empresas que utilizam os produtos da fábrica como matéria-prima de produção de seus produtos.

Segundo o diretor de comunicação do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), o fechamento pode gerar cortes em empregos ligados de forma direta e indireta à empresa. Ele calcula que 800 funcionários entre terceirizados e com contrato direto devem ser demitidos. O impacto que se estende também para outras empresas do setor deve gerar uma massa de demissão de 1.100 pessoas.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*