Clientes reclamam de preço da gasolina em Madre de Deus

Em Madre de Deus, a 65 km de Salvador, os motoristas afirmam que ainda não viram nenhuma alteração na hora de abastecer. O preço começou a baixar com a redução de até R$0,64 centavos

A situação está repercutindo nas redes sociais, nesta terça-feira (29), o valor cobrado pelo litro da gasolina no único posto da cidade é de R$ 4,69, já o etanol está saindo por R$ 3,29.A população reclama que o valor é bem acima do que é cobrado em outras cidades, como Candeias, São Francisco do Conde, Simões filho e Camaçari. Na capital, por exemplo, o litro da gasolina aditivada está sendo vendido, esta semana, por R$ 3,83 em alguns postos. Já a gasolina comum pode ser encontrada por R$ 3,72.

Entre as imagens que circulam nas redes sociais a respeito dos preços praticados em Madre de Deus, um internauta diz o seguinte: “Onde iremos parar com a gasolina nesse preço! Não vamos aceitar isso! A população de Madre de Deus sendo roubado na cara limpa. O caminhão não gasta 1, lt da base até o posto. Vamos tomar providências com urgência.

Para isso, o Procon orienta os consumidores que se sentirem lesionados a documentar a denúncia e registrá-la no site da entidade.

“É fundamental que o consumidor anexe à denúncia imagem do cupom fiscal ou, na falta dele, o máximo de informações sobre o estabelecimento nome/bandeira, endereço, data de compra e preços praticados – se possível com fotos”, diz o Procon. “A partir desses dados será aberto procedimento para a apuração, comprovação e possível punição dos infratores. ”

 

Leia também : Após polêmica na praia, moradores e turistas reclamam de preços altos em Madre de Deus

 

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2508 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*