Polícia confirma que corpo encontrado no CIA/Aeroporto é do suspeito de estuprar e matar enteada de 2 anos

Foi confirmado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) que o corpo encontrado de um homem com marcas de tiros no CIA/Aeroporto, na noite de segunda-feira (21). Edson Neris Barbosa dos Santos, de 27 anos, o principal suspeito de estuprar a enteada de dois anos, que acabou morrendo em consequência dos ferimentos provocados pelo abuso.

O suspeito foi capturado por uma facção criminosa. Em um vídeo, que circula nas redes sociais, é possível ver o ajudante de pedreiro amordaçado, sem roupa e com um ferimento na cabeça. A prisão temporária tinha sido decretada na segunda-feira (21).

Segundo a Polícia Civil, após laudo policial foi confirmado nesta terça-feira (22) que o corpo era realmente de Edson. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de homicídios de Salvador.

A mãe da menina, Jéssica Silva, 21 anos, foi impedida pelos familiares de ir para o sepultamento da criança. Ela contou que estava sofrendo ameaças de linchamento por pessoas que acham que ela permitiu a agressão. De acordo com a mulher, o casal mantinha um relacionamento há um ano e sete meses e começou a morar na mesma casa há cerca de um ano.

O crime contra a criança é investigado por equipes da 2ª Delegacia de Homicídios (2ª DH/Central), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*