Quatro manifestantes são presos em flagrante quando tentavam extorquir funcionários de empresa do Porto de Aratu

No momento da abordagem, o grupo estava com as vítimas, a polícia deu voz de prisão e conduziu os suspeitos para a delegacia.

Quatro homens foram presos na manhã desta quarta-feira (16), pelos agentes da 20ª Delegacia Territorial (DT/Candeias), por volta das 06h30, durante uma manifestação na BA-524, conhecida como Canal de Tráfego, em Candeias, região metropolitana de Salvador. Eles são acusados de ameaçar funcionários da Empresa Rigell Construtora Ltda, localizada no Porto de Aratu. Segundo a polícia, o grupo interceptaram e sequestraram um veículo do tipo Van, que fazia o transporte de 13 funcionários, e, em seguida, ligaram para o Engenheiro-Chefe da empresa exigindo vagas de empregos para terceiros, em troca da liberdade dos 13 trabalhadores e do motorista da Van. Vagas, que segundo as investigações, eram comercializadas.

Quando a polícia chegou no local, as vítimas apontaram: Anarailton dos Santos, vulgo “Garapa”, Adenilson Lopes Silva, Anderson José Azevedo e Ginaldo Carlos da Silva, como autores da ação delituosa. Em seguida, os criminosos receberam voz de prisão. O delegado Marcos de Castro Laranjeira Carvalho, Titular da 20ª DT-Candeias, registrou o flagrante.  O quarteto foi autuado por crimes de extorsão e associação criminosa. Os acusados permanecerão custodiados à disposição da Justiça Criminal.

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco.

Publicidade

2 Comentários

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*