Após criticas, empresário usa post no Facebook para cobrar dívida de Juscelino

Um empresário que trabalha no ramo de gás na cidade de Madre de Deus rebateu as declarações feitas por dois vereadores durante a sessão na Câmara Municipal, na terça-feira (10).

O empresário Hadson Andrade Ettinger usou seu perfil no Facebook para responder as afirmações dos parlamentares. Segundo ele, os vereadores Juscelino Silva (PPS) e Val Peças (PSL) reclamaram do serviço de carga e descarga feito pela sua distribuidora localizada, no bairro caminho da Luz, em frente ao Hospital Municipal.

Na publicação o empresário afirma que Val teria questionado a localização do deposito: “como é que pode um deposito de gás em frente ao Hospital?”.

De acordo com o empresário, a sua distribuidora de gás foi instalada no local, antes da unidade hospital ser construída. No texto, ele acrescenta que tem documentos para provar que o deposito já existia na região. Ele ressalta ainda, que tem autorização e certificados em dia.

Conforme o empresário, o episodio que teria atrasado um atendimento no Hospital, durou menos de dois minutos, diferente do que foi comunicado aos parlamentares.

Ele ressaltou que entende que o sistema de carga e descarga não deveria atrapalhar o atendimento, e garantiu que tentará resolver a situação com os funcionários. O empresário aproveitou o post para alfinetar o socialista, que segundo ele, deve ao deposito de gás.

vereador Juscelino o senhor tem um debito aqui conosco. É pouco eu sei, mas o senhor deve, portanto, quem deve tem que pagar”, cobrou o empresário.

A reportagem Madre Sem Média tentou o contato com o vereador Juscelino Silva através de mensagens no aplicativo whatsapp, mas não obteve respostas.

O vereador Val Peças disse que prefere conversar com a reportagem pessoalmente. O Madre Sem Media aguarda o retorno do contato.

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Publicidade

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*