Pai mata filha de 1 ano com tiro de espingarda; alvo seria o ex-cunhado

Conforme a polícia, Manuel disparou de imediato contra a mãe da vítima e a criança foi atingida.

Manuel Pascoal da Cruz Pires foi preso na noite desse domingo (18) após matar com um tiro de espingarda a filha de 1 ano e dois meses. O caso foi registrado no povoado de Igaraté, no município de Barra, no oeste da Bahia. Segundo informou ao G1, o o delegado Marcos Pina, a criança estava no colo da mãe, que não foi atingida pelo disparo.

Manuel esteve na casa da ex-companheira à procura do irmão dela, com quem tinha uma desavença, segundo informou a polícia. Ao chegar na porta da residência, Manuel chamou pelo ex-cunhado. No entanto, quem atendeu foi a ex-mulher, que estava com a filha no colo. Conforme a polícia, Manuel disparou de imediato contra a mãe da vítima e a criança foi atingida. A polícia não informou se ele atirou por achar que era o ex-cunhado, ou se atirou para ferir a ex-companheira.

Manuel chegou a tentar fugir, mas foi capturado. Junto com ele, a polícia encontrou a arma do crime. A criança, Emanuelle Lima Pires, morreu na hora. O corpo dela foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê, e liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) nesta segunda-feira (19).

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*