Onda de assassinatos assusta moradores de Coité; Dois são mortos em menos de 30 minutos

Foto: Raimundo Mascarenhas - Calila Notícias

Em poucos minutos Conceição do Coité, na região Sisaleira da Bahia, registrou dois assassinatos envolvendo jovens, numa onda de violência assustadora na cidade, onde o número de execuções vem crescendo a cada dia.
No final da manhã desta quarta-feira (6), a Polícia Militar registrou dois homicídios no bairro do Açudinho, e Casas Populares. Nos dois casos, as vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo.

De acordo com a PM, o primeiro caso aconteceu por volta das 11h40, os agentes da 4ª Companhia da Polícia Militar, foram acionados após tiros serem disparados na Rua João Mateus de Souza, no bairro do Açudinho.

No local, os policiais encontraram um homem identificado como Abílio Neto o “Kóke”, caído e já sem vida. Ainda segundo informações, homens encapuzados desceram de um carro e efetuou vários disparos contra a vítima dentro de um restaurante onde trabalhava como entregador.

Os agentes isolaram a área e entraram em contato com o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha, para a remoção do corpo e os procedimentos de perícia.

Cerca de 30 minutos depois, policiais da própria 4ª CIA foram chamados após um homem ter sido encontrado morto, com marcas de tiro no corpo, no Conjunto Habitacional Mário da Caixa no Bairro Casas Populares. A vítima de identificada como Flávio o “coelho”, foi encontrado pelo irmão na escada da casa onde morava. Coelho chegou a ser socorrido para o Hospital Português – Unidade Regional de Coité, mas chegou sem vida.

Ambos os casos foram registrados na Polícia Civil. Não há informações sobre autoria e motivação, e nem se os casos estão relacionados.

Publicidade

Sobre madresemmedia 1816 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*