Michele aponta deficiências na saúde, reclama da falta de iluminação e diz que videomonitoramento não está funcionando

A vereadora Michele Paz (PSD) afirmou na sessão de terça-feira (27) que não consegue parabenizar a saúde de Madre de Deus. Segundo ela, as deficiências na saúde vêm se arrastando ao logo do tempo.

A vereadora destaca que a responsável pela saúde é a Secretária de Saúde, Stela Souza e revela que um paciente do município está com suspeita de leptospirose.

“Pra quem não sabe é uma patologia de alto risco e pode matar em poucos dias. Precisamos dar uma atenção prioritária e se for necessário, abrir uma ação judicial junto ao Ministério Público”, disse.

Michele fala sobre a falta de iluminação pública e aponta que sistema de videomonitoramento está desabilitado.

“Dificultando justamente qualquer investigação por qualquer possível crime acontecido na nossa cidade. A gente precisa gente dar prioridade o que é prioridade”, afirma.

Ela aponta que a gestão do prefeito Dailton Filho (PSB) precisa priorizar a segurança, saúde é o social.

“Estamos passando por uma pandemia e a gente precisa realmente unir forças para que isso aconteça. O que não vale é a gente tá priorizando o que não é e deixando em falta o que é necessário, o básico para um funcionamento”, disse.

A vereadora Michele Paz afirmou que todos sabem que houve queda de arrecadação e reforça que o governo precisa saber como usar os recursos.

“A gente precisa entender como usar esse dinheiro público, como aplicar esse dinheiro público de forma respeitosa pra nossa comunidade. O que não vale gente é a gente aceitar o ruim como bom”, disse.

Ela explica que não está falando do gestor e pede para Dailton Filho pontuar as prioridades e o que não for possível que ele deixe para outro momento.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*