Aliados de Dailton classificam ACIM como “associação política” e rechaçam bate-papo com Jailton

Aliados do candidato à prefeito de Madre de Deus, Dailton Filho (PSB) classificam a Associação de Comercio e Indústria de Madre de Deus como “associação política” e rechaçaram o bate-papo com o prefeito e candidato a reeleição Jailton Polícia (PTB).

O assunto gerou debates nas redes sociais após a informação sobre o bate-papo ser compartilhada pela ACIM nesta quarta-feira (4).

Um card da campanha de Dailton Filho compartilhado nas redes sociais definiu o bate-papo como “Fake News”.

“Não queiram enganar o povo, nem usar uma instituição como a ACIM. Não existe bate-papo em eleição. Existe debate. E debates precisam de regras, tudo regulado por lei eleitoral”, diz o card.

Opositores compartilharam prints de ironias atribuídas a cunhada do prefeito Jailton, Jodeci Alves que teria escrito duas mensagens num grupo político.

“Não vá não Destinho! Esse Jailton está querendo tirar seu coro”, escreveu.

Jodeci ainda não se posicionou sobre as declarações atribuídas a ela, mas após o vazamento o assunto ganhou ainda mais repercussão.

O ex-presidente da associação Ivanilson Bezerra (DEM) conhecido como “Sinho” disse diversas vezes que não era político e que a ACIM não fazia política, mas a instituição ganhou uma nova roupagem, durante o período que ele esteve à frente da associação.
Muita gente acha que a associação é algo político. Ela não é nada política dentro da ACIM é proibido levantar bandeira partidária”, disse o empresário em uma entrevista.

Ele também disse em uma entrevista na rádio que ganhou uma visibilidade maior depois que assumiu a associação. Enquanto negava a inclinação política, o empresário procurava um partido para se lançar como pré-candidato à prefeito.

Eu nunca fui político, estou me tornando um político no momento que assino a filiação no partido”, disse Sinho depois de se filiar ao DEM. Na ocasião, ele agradeceu “aos amigos comerciantes” que declaravam nas redes sociais apoio ao empresário.

Um deles, é atual presidente da ACIM, Carlos Cunha, que destacou por diversas vezes seu alinhamento político com Sinho que continuava enaltecendo a associação na web.

O empresário afirmou que o nome dele ficaria na disputa pela prefeitura até o final da campanha, mas não demorou muito e o partido se aliou ao prefeito Jailton. Na ocasião, o presidente municipal do DEM, Adalberto Assunção afirmou em uma entrevista que o objetivo do partido era manter Sinho na disputa para tentar costurar o cargo de vice-prefeito.

As reuniões entre os representantes da ACIM e o Executivo continuaram seguindo o mesmo ritmo deixado por Sinho.

As fotos de representantes da ACIM com sorrisos largos ao lado do prefeito Jeferson Andrade (PP) e do atual prefeito Jailton Polícia (PTB) viraram praxe para associação que participou, inclusive, da reunião que definiu o lockdown em Madre de Deus.

Antes de Jeferson ser afastado, Sinho participou de várias reuniões políticas. O vereador Marden Lessa (PSB) chegou a questionar o empresário, apontando que a associação tem relação política partidária.

“Eu quero que o senhor Sinho diga ao público de Madre de Deus se a associação já teve algum cargo indicado na prefeitura em especial na secretária do SEDEC”, disse Marden na época.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*