Três vigilantes da Transpetro em Madre de Deus são contaminados pela covid-19

Segundo o órgão, eles foram afastados do ambiente de trabalho, mas antes já haviam tido contato com diversos outros colegas.

O Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro) divulgou nesta quarta-feira (20) que três vigilantes que presta serviço na Transpetro de Madre de Deus, testaram positivo para o novo coronavírus. Segundo o órgão, eles foram afastados do ambiente de trabalho, mas antes já haviam tido contato com diversos outros colegas.

O Sindipetro afirmou ainda que, o transporte dos vigilantes é feito em vans lotadas, sem nenhum cuidado ou prevenção. “Como trabalham no Porto de Mirim muitos acabam tendo contato com os tripulantes dos navios que atracam no cais. É uma bola de neve, “disse.

Ainda segundo órgão. “Para piorar a situação destes trabalhadores, a empresa os afasta, paga apenas uma irrisória parcela dos salários e, com total descuido e desumanidade, determina que busquem receber o restante junto aos programas do governo.

O sindicato informou ainda, que a situação é seríssima e exige intervenção não só da direção da Transpetro como da prefeitura de Madre de Deus. “Um trabalhador contaminado passa o vírus para outros e para amigos e familiares, ” alertou.
“O Sindipetro Bahia está procurando as empresas terceirizadas que atuam no terminal e a direção da Transpetro para que providências imediatas sejam tomadas a fim de sanar esse problema e proteger os trabalhadores”.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*