Críticas ao governo e ataque à advogada da Câmara marcam sessão de Madre de Deus

Câmara Municipal De Madre de Deus - Foto @ Madre sem Média

A sessão da Câmara de Vereadores de Madre de Deus foi marcada na terça-feira (2) por críticas ao governo do prefeito Jeferson Andrade (DEM) e ataque à advogada da Casa Janete Kotula. Os vereadores de oposição endureceram os discursos contra administração municipal e a situação apontou as falhas na gestão. Após o Pastor Melk (PPS) sinalizar pontos negativos no Executivo, o parlamentar Kikito Tourinho (PPS) pediu um tempo no discurso de Melk e responsabilizou o prefeito.

“Se um funcionário trata mal um vereador tanto de oposição, e pasmem, pior da situação. É o prefeito que é ditador, é o prefeito que impõe mesmo pro funcionário oh, trate mal, por ali olhe… Como se a gente não valesse nada!”, disse Kikito. Ele ainda pede coragem aos vereadores para “acabar com a tirania”, logo depois, chama o prefeito de “corrupto”.

O vereador Marden Lessa (PC do B) atacou a advogada Janete Kotula após Juscelino Silva (PPS) repetir a frase atribuída ao prefeito da cidade de Colatina, Sérgio Meneguelli, que destaca que “prefeito nenhum rouba sozinho, se isso acontece, é porque a Câmara de Vereadores é corrupta. Porque se não fosse, no primeiro roubo já mandavam ele ir embora”. A imagem do prefeito de Colatina foi compartilhada no Facebook pela advogada com a legenda: “Não foi eu que falei, mas concordo plenamente”.
Áudio:

Para o vereador Marden Lessa (PC do B), ela não pode “trabalhar nem articular” para um determinado grupo político na Câmara.

“Porque tudo que é articulado da oposição, é articulado dentro desse setor jurídico, dessa servidora efetiva”, disse Marden.

O vereador afirmou que a advogada gosta de ficar até depois das 14h para fazer à política do quanto pior melhor na Casa.

“Olhe a postura dos outros funcionários efetivos dessa Casa, não é a mesma postura dessa cidadã que tem segundas intenções, e no momento certo, eu vou colocar pra todo aqui, inclusive, tem um áudio do vice-prefeito há uns três, quatro meses falando de um desse momentos”, relatou Lessa.

Áudio:

Em outro momento, ele também destacou a redução dos salários dos funcionários do hospital.

“Prefeito, já que estamos nessa situação, envie um projeto de reforma administrativa e um projeto de redução de salário, vamos reduzir o seu, o do vice, dos secretários e o nosso. Eu ouvir muito dizer aqui que o comandante é o espelho da tropa”, afirma.

Marden destaca que deve reduzir secretárias e cortar carros e diminuir gasto de combustível.
Eu não entendo, como é que corta do pobre coitado é da 13 % de reajuste a uma empresa (de limpeza urbana)”.

O vereador chegou à afirmar que o “prefeito não se esforça pra está próximo da base”, e completa: “Eu tenho mais de duas semana que não falo (com o prefeito)”.

Áudio:

A advogada Janete Kotula, rebateu o vereador em outro post no Facebook nesta quarta-feira (3). No texto, ela afirma que o vereador não deveria gastar o tempo dele no plenário “falando da advogada concursada da Câmara”, apontou também que “todos vereadores quando não estão a serviço do poder procuram minhas orientações, inclusive, o senhor quando ia comigo ao Tribunal de Contas e fazia questão de fazer fotos”. Seguiu: “Quanto ao meu horário de trabalho o senhor não é mais gestor, trabalho também quando vou ao Ministérios Público, as instâncias do judiciário e aos demais órgãos exercer minha função, o que me orgulha muito, quando todas as portas se abrem com uma identificação, 25 anos de serviços prestados ao Município”.

A advogada destaca que vai “trabalhar até quando for necessário independente de horas, inclusive na minha casa, onde todos os Vereadores têm acesso a qualquer hora”. Ela acrescenta que é pena que o trabalha dela só interessa aos que são rejeitados pelo Prefeito. Vou deixar o povo pensar.

Ela completa ressaltando que o prefeito de Colatina é o ídolo dela, e que, vai continuar postando o que pensa.

 

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*