‘Diabo’ da comissão de frente da Gaviões da Fiel não morreu em acidente

É notícia falsa a morte do homem que interpretou o diabo no desfile da escola de samba paulistana Gaviões da Fiel em acidente de carro um dia após a apresentação. Para dar suporte às informações enganosas, um vídeo que circula nas redes sociais utiliza imagens de uma colisão entre um carro e um caminhão-tanque em fevereiro de 2018 na Grande São Paulo.

Além disso, há comprovação de que o componente da escola está vivo nos registros de entrevistas concedidas por ele após a disseminação da desinformação.

O portal G1 falou com o coreógrafo da comissão de frente da Gaviões, Edgar Júnior, que garantiu que o integrante da escola de samba passa bem. A reportagem também falou por telefone com o homem que interpretou o diabo, que preferiu não se identificar pois afirmou receber ameaças pelas redes sociais.

A comissão de frente da escola de samba contava com representações do diabo e de Jesus Cristo, que simulavam uma batalha em que o primeiro parecia ganhar. A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional acusou a Gaviões da Fiel de estimular a intolerância religiosa.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*