Prefeito de Madre de Deus consegue efeito suspensivo antes de ser afastado do cargo

Na sexta-feira (13), a Câmara de Madre de Deus foi notificada da decisão da Justiça.

Prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade.

O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade (DEM) conseguiu reverter à determinação judicial antes mesmo de ser afastado. O juiz de direito Glauco Dainese de Campos determinou o afastamento o prefeito do cargo, após a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA) sobre um suposto esquema envolvendo o prefeito e mais quatro agentes políticos.

A Justiça determinou o afastamento do prefeito no dia 12 de julho gerando um clima de incertezas no município, mas ele continuou despachando desde então.

Na sexta-feira (13), a Câmara de Madre de Deus foi notificada da decisão da Justiça. Nesta segunda-feira (16) à notificação, um efeito suspensivo foi concedido pelo Tribunal de Justiça da Bahia, mantendo o prefeito no cargo.

Decisão

Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*