Petrobras reajusta preço do gás para uso industrial e comercial em mais de 7%

De acordo com a estatal, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos.

A Petrobras irá reajustar nesta terça-feira (8/5) em 7,1%, em média, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso industrial e comercial às distribuidoras. É a segunda alta consecutiva do produto, acompanhando a disparada do dólar e das cotações internacionais do petróleo.
De acordo com a estatal, a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço médio considera uma margem que cobre os riscos – como volatilidade do câmbio e dos preços.

Sindigás

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que foi comunicado pela Petrobras na tarde de segunda-feira (7/5) sobre novo reajuste de preço do GLP empresarial, para embalagens acima de 13 quilos, ou seja, não irá atingir tanto o consumidor residencial.

De acordo com a Petrobras, o aumento será entre 5,8% e 8,6%, dependendo do polo de suprimento, válido a partir de 0h de amanhã nas unidades da petroleira.

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco.

Publicidade

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*