Jovem que teve testa tatuada com “eu sou ladrão e vacilão” é preso por furto de desodorantes

O caso aconteceu em 2017, quando ele sofreu uma "punição" de um tatuador por furtar uma bicicleta.

Foi preso neste sábado (17) em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo, o jovem de 18 anos que teve a testada tatuada com os dizeres “eu sou ladrão e vacilão” em 2017, na época por uma tentativa de roubo de bicicleta.

Dessa vez, ele foi abordado após sair de um supermercado ao ser visto colocando frascos de desodorante dentro da calça. Na abordagem, descobriram que o suspeito estava com mais três embalagens escondidas, totalizando cinco desodorantes roubados.

O jovem foi conduzido até uma delegacia do município em seguida. Entretanto, a fiança de R$ 1 mil foi paga e ele poderá responder em liberdade.

Relembrando

Em junho de 2017, o adolescente teve a testa tatuada por um tatuador de 27 anos de idade e seu vizinho, de 29 anos, que ficaram indignados com o fato de o jovem ter tentado furtar uma bicicleta na região onde eles moravam, em São Bernardo do Campo, também em São Paulo.

Os dois foram presos em flagrante pelo crime de tortura. Na ocasião, eles compartilharam vídeos e fotos da tatuagem nas redes sociais, e alegaram que fizeram isso como forma de punição.

O jovem, por sua vez, havia sido internado em uma clínica de reabilitação para tratar o vício em álcool e drogas. Ele também passou por sessões para a remoção da tatuagem na testa, que foram bancadas por uma vaquinha online. Porém, as sessões não chegaram a ser finalizadas.

 Veja vídeo:

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*