Após ser agredido com socos, tapas e puxões de cabelo, Moranguinho retira medida protetiva e volta a morar com Naldo

Foto: reprodução / O Dia

Ellen Cardoso voltou a morar na mesma casa que Naldo Benny, em um condomínio em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. A ex-dançarina reatou o casamento com o cantor quase três meses depois de ir à polícia acusá-lo de agressão. Antes de voltar para a casa, a Mulher Moranguinho, como ela é conhecida, foi à delegacia retirar a medida protetiva prevista pela Lei Maria da Penha, que impedia Naldo de se aproximar dela. A informação foi confirmada por uma fonte ao EXTRA nesta quinta-feira.

De volta ao lar, Ellen gravou um vídeo nesta quinta-feira com a filha do casal, Maria Vitória, de quase 3 anos, na sala da casa em que mora com Naldo. Repare no detalhe na poltrona branca que aparece no vídeo. É a mesma que está nas fotos feitas na casa do casal em agosto de 2017 (veja abaixo).

Não vai demorar muito para os dois assumirem publicamente que voltaram às boas. O EXTRA adiantou no início de fevereiro que os dois estavam ensaiando uma reconciliação.

Naldo foi preso em flagrante no dia 6 de dezembro por porte ilegal de arma de fogo após ser denunciado por Moranguinho, que afirma ter apanhado do marido. Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. A ex-dançarina disse que as agressões do cantor já acontecem há sete anos, desde antes do casamento, e seriam motivadas por ciúmes.

 

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Siga o Madre sem Média  no Insta, Facebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 98750 – 7370. Nos insira nos seus grupos!

Sobre madresemmedia 2495 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*