Mulher desaparece antes do Carnaval e diz ter sido abduzida por ETs

“Se ela foi mesmo abduzida ainda não deu para perceber, mas uma coisa é fato. Estes extraterrestres gostam muito de cerveja, pois o cheiro está impregnado nas roupas dela”.

Foto: Reprodução

Espírito Santo – Na noite de quarta-feira, 14, Ana Letícia Andreatta Fonseca, 26, que estava desaparecida desde a noite da última sexta-feira (13) reapareceu e alegou em seu depoimento que foi abduzida por uma nave espacial quando voltava do trabalho para casa. Ana é casada há 3 anos.

Na noite anterior à abdução, o casal havia combinado de viajar para passar o carnaval em Guarapari, balneário da Grande Vitória no estado do Espírito Santo. Ela estava com malas prontas e pegaria o marido no escritório dele localizado no bairro Enseada do Suá, em Vitória.

Depois de 4 horas de atraso e nenhum sinal telefônico ou por redes sociais, o marido acionou a Polícia Civil comunicando o desaparecimento. A polícia investigou o fato e achou estranho o carro ter sido abandonado às margens da Rodovia ES010, sem a bagagem de Ana Letícia, apenas a com a do marido no porta-malas do veículo.

Depois de cinco dias, ela foi abandonada na mesma rodovia, como o carro estava no pátio da delegacia antissequestro, ela teve que ligar para o marido pedindo para buscá-la. O delegado Antonio Napoleão Dias disse que “se ela foi mesmo abduzida ainda não deu para perceber, mas uma coisa é fato. Estes extraterrestres gostam muito de cerveja, pois o cheiro está impregnado nas roupas dela”.

Fonte: Mídia Imparcial

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*