SIMÕES FILHO: Encapuzados matam homem na frente da filha; Vítima transmite morte ao vivo no Facebook – Veja vídeo

Homens encapuzados invadiram um apartamento e mataram um homem na frente da esposa e da filha em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O caso aconteceu dentro de um conjunto do ‘Minha Casa Minha Vida’ na madrugada desta quinta-feira (15/2). O crime foi presenciado pela esposa e a filha da vítima, de apenas seis anos de idade.

De acordo com informações da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Israel Carlos Silva Cruz, 27 anos, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo dentro de sua residencia localizada no bloco 18, apartamento 401, no Conjunto Residencial Palmeiras, no Bairro Vida Nova.

Conforme relatos de testemunhas, os atiradores invadiram o condomínio onde a família morava e foram direto ao apartamento de Israel. Lá, arrombaram a porta, entraram no imóvel e se depararam com o seu alvo junto a mulher e a filha. No entanto, a presença dos familiares não foi motivo para que ele não fosse assassinado com vários tiros, na frente de todos. Os atiradores fugiram e não foram identificados.

VÍDEO

De acordo com informações enviadas a redação do Simões Filho Online, o crime foi transmitido ao vivo por meio do Facebook. A vítima fazia a transmissão de um momento de descontração quando algo chamou sua atenção.

Na gravação, é possível ouvir o desespero de Israel, que estava com a filha no colo. “Não, não, não… Socorro! Socorro! Pare! Minha filha, minha filha, socorro! Pare! Socorro gente. A minha filha, pare!“, essas foram as últimas palavras do jovem, antes de ser morto. [Veja vídeo abaixo].

Em nota, a PM informou que enviou uma uma viatura ao local do crime, e encontrou a vítima baleada, ainda com batimentos cardíacos. Os agentes socorreram o jovem ao Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), e o mesmo chegou a ser atendido pela equipe médica, mas por conta da gravidade dos ferimentos veio a óbito.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) encaminhou o corpo para o Instituto Médico Legal de Salvador, para exame necroscópico. Agentes da 22ª Delegacia Territorial que investiga o caso já esteve no local do crime para coleta de informações. A autoria e motivação do homicídio são desconhecidas.

Do: Simões Filho Online

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*