Adão Negro fecha Pôr do Som com chave de ouro em Maria Guarda: ‘Um grande presente’

Além de Adão Negro, se apresentaram em Maria Gurda Ariany Azevedo e Kael Salles.

Foto @ Redação Madre sem Média

No último dia do Pôr do Som no Madre Music 2018, Adão Negro fecha com chave de ouro na Ilha de Maria Guarda distrito de Madre de Deus na tarde deste sábado (20).

A banda animou os fãs de reggae ao som de canções que marcaram época, como ‘Anjo Bom’, ‘ Eu Louvei’ , ‘Boa Malandragem ‘ e Pele Negra’. Simpático, Serginho tirou fotos com os fãs que fizeram um show a parte. O público demonstrou muita energia, e agitou bastante a ilha balançando os braços durante boa parte da apresentação. A plateia deu show à parte, além de participar ativamente da festa não foi registrada nenhuma ocorrência policial.

A banda também não deixava os fãs respirar. Mal acabava uma canção e já vinha outra. “Louco Louco” manteve a temperatura alta na ilha. Com show voltado para os grandes sucessos, Adão Negro retribuiu o carinho da plateia com musicas de qualidade sob a linda paisagem de Maria Guarda.

No clima de festa e tranquilidade, a banda incendiou os fãs durante quase 2h de apresentação.

Foto @ Redação Madre sem Média

“Já fizemos shows apoteóticos [em Madre de Deus] durante o carnaval, Madre Verão e outras situações… Mas aqui nessa localidade é a primeira vez. E a gente ficou muito feliz é um lugar que tem tudo haver com reggae. A resposta tai, o público adorou”, comemora Serginho.

Ele ainda destaca a felicidade de combater as desigualdades no país. “Há vários vetores de descriminação em nosso pais, e os artistas de reggae tradicionalmente têm nomes que são emblemáticos que combatem o racismo a opressão da nossa sociedade: por isso, o Adão tinha que ser negro!”, disse o cantor ao ser questionado pela reportagem Madre sem Média sobre a origem do nome da banda.

Serginho ainda parabenizou o prefeito Jeferson Andrade e toda equipe. “É importante a gente ter essa valorização do poder público porque é ele que esta dando essa oportunidade de vim tocar para o público e fazer aquilo que a gente sabe fazer: que é conclamar as pessoas em torno de valores da cidadania, da paz e do amor sempre!”. “Na verdade, quem recebeu o grande presente foi o Adão Negro que está aqui em Maria Guarda fazendo esse show”, garantiu Serginho.

Áudio: ouça, na íntegra, a entrevista com Serginho – Adão Negro .


O prefeito Jeferson Andrade ressaltou a tranquilidade no Madre Music 2018, e pontou a felicidade de fazer uma festa para família sem registro de violência durante os shows. O gestor também enfatiza o carinho que tem pelas pessoas de Maria Guarda ao que chamou de ‘amigos especiais’.

“Esse por do sol [em Maria Guarda] tem o verdadeiro toque de Deus”.

O prefeito ainda enfatizou o último show do Madre Music com Leo Santana no Estádio Municipal.

“É um desafio nosso que é sair do espaço da Área de Lazer e ir pro Estádio, e nós estamos partindo para um ar mais moderno. No Brasil inteiro se faz as festas mais importantes dentro dos estádios, e com a gente não poderia ser diferente. Eu não tenho duvida nenhuma que as pessoas vão aprovar ainda mais do que era na Área de lazer: muito mais seguro, muito mais tranquilo, confortável”, garantiu o prefeito.

O prefeito também ressalta os quase dois meses de organização e empenho para realizar a festa no estádio.

“A Área de Lazer absorve 30 mil pessoas, o estádio também absorverá 30 mil pessoas. Então ninguém ficará de fora, a menos se vendermos mais do que os 30 mil, que é difícil de trocar o ingresso”, afirma o prefeito ao destacar que o público será o mesmo da Área de Lazer.

 

Áudio: ouça, na íntegra, a entrevista

Galeria de fotos

“Siga o Madre sem Média, curta nossa fanpage no Facebook, e fique atualizado com as principais notícias. Quer anunciar sua empresa? Fale conosco: 71 9 8750 7370“.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*