Ministério Público recomenda suspensão imediata de contrato de assessoria em Madre de Deus

O Ministério Público da Bahia, por meio da Promotora de Justiça do Patrimônio Público Drª Heliete Rodrigues Viana, expediu na quarta-feira (27), uma recomendação ao prefeito de Madre de Deus, Dailton Filho (PSB), determinando a suspenção imediata do contrato do Processo Administrativo nº 0285/2021, que resultou na celebração Contrato nº 038/2021.

Segundo o MP-BA, a contratação foi direta sem licitação por inexigibilidade, formulada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através do Processo Administrativo n. 0285/2021 deflagrado em 18 de fevereiro de 2021, resultando na celebração do Contrato nº 038/2021 no valor global de R$ 154.000,00 (cento e cinquenta e quatro mil reais), com a pessoa jurídica, Sutepros-” Suporte Técnico a Programas Sociais”.

Ainda segundo o Ministério Público (MP-BA), os envolvidos terão um prazo de 10 dias úteis para apresentarem defesa.

Publicidade

Sobre madresemmedia 1795 Artigos
A MADRE SEM MÉDIA é um site de notícias da internet que oferece conteúdo online para todo o estado da Bahia, com foco para os municípios de Madre de Deus (sede). São Francisco do Conde, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Simões Filho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*