Prefeito de Madre de Deus afirma que irá “lutar” pela liberação dos recursos de urbanização da Quitéria

Fotos @ Madre sem Média

O prefeito Jeferson Andrade prometeu nesta segunda-feira (15) durante uma reunião com moradores da Quitéria Velha que irá para Brasília “lutar” pela liberação dos recursos no Ministério da Integração Nacional para o projeto de urbanização do bairro. O prefeito planeja viajar na próxima semana, mas antecipa que se o Governo Federal não liberar as verbas necessárias, a administração municipal vai realizar a obra com recursos próprios. “Estamos na luta constante para dar condições de uma moradia com dignidade à população local”, ressaltou Andrade.

Segundo ele, há sete anos o Ministério Público Federal (MPF) vetou a realização de uma intervenção urbanística no bairro devido ao fato do local ser uma área de preservação ambiental. Após diversas reuniões com o MPF, o prefeito Jeferson Andrade conseguiu em 2016 a liberação para a realização de um projeto urbanístico em parte do bairro, que contemplará saneamento básico, pavimentação, energia e passeio. No dia 29, haverá outra reunião no Gabinete do Prefeito sobre este tema com os representantes da comunidade.

O Governo Federal ainda não liberou a verba estimada em RS 4,7 milhões para a realização da obra. “O nosso pleito está cadastrado junto ao Ministério da Integração Nacional. Vamos à Brasília lutar pela sua liberação”, enfatizou Jeferson.

O morador Elias Baraúna, agradeceu pelo serviço de poda de árvores e apontou que a população da região não vai admitir que “pessoas utilizem essa situação para fazer política no bairro”, e completa destacando que o “foco é a necessidade de melhorias na Quitéria Velha”.

Participaram da reunião representantes dos moradores do bairro, diversos secretários municipais e os vereadores Anselmo Duarte e Joyce Lima. No próximo dia 29, ocorrerá outra reunião no Gabinete do Prefeito sobre este tema com os representantes da comunidade.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*