Operação com 50 policiais termina com dois presos e três mortos em ilha de Maré e Bom Jesus dos Passos

Fonte: Ascom/Alberto Maraux

Uma operação integrada das polícias Militar e Civil, com suporte de informações da Polícia Federal e apoio logístico da Marinha, desarticulou uma organização criminosa que agia nas ilhas de Maré, dos Frades, Bom Jesus dos Passos e Paramana, localizadas em Salvador e Região Metropolitana. Cinco integrantes da quadrilha foram localizados.

Cerca de 50 policiais utilizaram três embarcações para atravessarem a Baía de Todos os Santos em busca dos criminosos. Uma denúncia anônima apontou que os traficantes estavam na região.

Fonte: Ascom/Alberto Maraux

Em Bom Jesus dos Passos, Samuel Nunes da Silva Neto, 23 anos, o ‘Neto Gordo’, gerente do grupo criminoso reagiu a abordagem atirando e acabou não resistindo aos ferimentos. Na mesma ilha foram capturados Raimundo Farias Cidade Júnior, 33, o ‘Cabeção’, e Vandésio Pereira da Silva, 27, o ‘Vando’. “Estamos sem homicídios há 6 meses na região, mas continuamos apurando qualquer movimentação ilícita”, declarou a titular da 17ª Delegacia Territorial (DT/Madre de Deus), delegada Marcele Guerra.

Fonte: Ascom/Alberto Maraux

Já na Ilha de Maré dois outros integrantes da organização criminosa atiraram nas forças de segurança e foram acertados. A dupla foi encaminhada para o Hospital do Subúrbio, mas terminou falecendo. “O trabalho faz parte da Operação Verão que amplia os patrulhamentos repressivos e preventivos em todo o estado. Importante destacar, mais uma vez, a integração das forças estaduais e federais”, disse o comandante do Policiamento Especializado (CPE) da PM, coronel Humberto Sturaro.

Com a quadrilha foram apreendidos uma pistola calibre 9mm, dois revólveres calibre 38, uma espingarda, munições, carregadores, tabletes de cocaína, maconha e crack, rádios comunicadores, embalagens plásticas, balança, entre outros materiais. Parte da droga foi localizada pelos cães Endy (Pastor Belga Malinois) e Ajax (Pastor Alemão) da Companhia de Operações com Cães do Batalhão de Choque.

Fonte: Ascom/Alberto Maraux


Fonte: (SSP-BA).

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*