Novo decreto da prefeitura de Madre de Deus determina o fechamento do comércio, com exceções, e interdita praias

Um novo decreto da prefeitura de Madre de Deus determinou o fechamento dos estabelecimentos comerciais a partir deste domingo (22) a fim de combater o coronavírus e a propagação da pandemia, informou o Executivo municipal neste domingo (22). A medida é por tempo indeterminado. O decreto que determina o fechamento foi publicado no sábado (21).

– A medida vale para restaurantes, lanchonetes, bares, academias, entre outros. O serviço de delivery continua liberado.

De acordo com o documento, a partir desta segunda-feira (23) estão interditadas as praias, sendo proibido o uso da faixa de areia. Além disso, também estão vedadas missas, reuniões ou cultos religiosos.

A medida também proíbe a circulação de motociclistas levando caronas. E fica recomendado aos condutores de veículos automotores a circularem na cidade de vidros baixos.

Além do mais, também veda atividades que estimulem a circulação e aglomeração de pessoas, inclusive em áreas públicas, como parques, praças e demais aparelhos públicos.

Os estabelecimentos que desobedecerem podem ser notificados e a reincidência implicará em embargo e cassação do alvará de funcionamento.

O decreto não atinge supermercados, farmácias, padarias, postos de combustíveis, distribuidoras de gás, açougues, mercados e lojas de artigos veterinários. Os estabelecimentos que permanecerem abertos devem se responsabilizar pela higiene dos funcionários, oferta de álcool em gel (proporcional ao seu comércio), bem como respeitar limite de distanciamento físico (1,5 metro).

Neste quinto decreto da Prefeitura, também está proibido a circulação de ambulantes nas ruas, sejam circulantes ou fixos.

A prefeitura informou ainda que está criado o grupo de trabalho de profissionais de psicologia para atender, prioritariamente, os profissionais de saúde.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*